Questão Brasil nº 87 | 24 de Maio de 2016

Assuntos de Goiás TV

segunda-feira, 20 de março de 2017

O fim da Pecuária no Brasil? União Europeia, EUA, Japão e Canadá preocupados com a fraude da carne – Assuntos de Goiás | Questão Brasil



Maior consumidor mundial da carne brasileira, a UE quer esclarecimentos sobre a operação Carne Fraca da Polícia Federal. 

Maggi disse que ainda não marcou data, mas o encontro deve ocorrer até segunda-feira.

O ministro da Agricultura disse que conversou por telefone com membros da diretoria da BRF, uma das gigantes do setor de carnes que está envolvida no escândalo desvendado pela Polícia Federal.

“Conversei hoje por telefone com Pedro, da BRF, e com Abílio Diniz, presidente do conselho da empresa, e disse a eles da minha preocupação e da transparência que vou tratar esse assunto. Eles me garantiram que têm procedimentos internos para tratar disso e que há quatro anos não têm notícias de desvio desse tipo de conduta e que vão trabalhar em conjunto para esclarecer tudo isso”, disse o ministro. 

 Com a JBS, Maggi disse não ter tido contato sobre o assunto. “A BRF se mostrou muito mais preocupada nesse momento, não só com o nome mas com o complexo do negócio mundo afora. Esse problema afeta e afetará a todos nós. Não sei dizer nem qual a consequência disso. Vamos ter problemas, mas vamos trabalhar para minimizar o máximo. Temos um sistema robusto e que é validado por compradores internacionais. O sistema é bom, rígido, porém falha quando as pessoas se corrompem. É lamentável o que aconteceu”, disse Maggi. 

 Visivelmente indignado com as revelações da Polícia Federal, Maggi falou que a notícia coloca em xeque o maior negócio do Brasil, que é o agronegócio. “Fico extremamente desapontado. As próprias indústrias devem ser controladoras e defender o maior capital dels, que é a qualidade do produto”, disse

O fim da Pecuária no Brasil? União Europeia, EUA, Japão e Canadá preocupados com a fraude da carne – Assuntos de Goiás | Questão Brasil



Maior consumidor mundial da carne brasileira, a UE quer esclarecimentos sobre a operação Carne Fraca da Polícia Federal. 

Maggi disse que ainda não marcou data, mas o encontro deve ocorrer até segunda-feira.

O ministro da Agricultura disse que conversou por telefone com membros da diretoria da BRF, uma das gigantes do setor de carnes que está envolvida no escândalo desvendado pela Polícia Federal.

“Conversei hoje por telefone com Pedro, da BRF, e com Abílio Diniz, presidente do conselho da empresa, e disse a eles da minha preocupação e da transparência que vou tratar esse assunto. Eles me garantiram que têm procedimentos internos para tratar disso e que há quatro anos não têm notícias de desvio desse tipo de conduta e que vão trabalhar em conjunto para esclarecer tudo isso”, disse o ministro. 

 Com a JBS, Maggi disse não ter tido contato sobre o assunto. “A BRF se mostrou muito mais preocupada nesse momento, não só com o nome mas com o complexo do negócio mundo afora. Esse problema afeta e afetará a todos nós. Não sei dizer nem qual a consequência disso. Vamos ter problemas, mas vamos trabalhar para minimizar o máximo. Temos um sistema robusto e que é validado por compradores internacionais. O sistema é bom, rígido, porém falha quando as pessoas se corrompem. É lamentável o que aconteceu”, disse Maggi. 

 Visivelmente indignado com as revelações da Polícia Federal, Maggi falou que a notícia coloca em xeque o maior negócio do Brasil, que é o agronegócio. “Fico extremamente desapontado. As próprias indústrias devem ser controladoras e defender o maior capital dels, que é a qualidade do produto”, disse

O fim da Pecuária no Brasil? União Europeia, EUA, Japão e Canadá preocupados com a fraude da carne – Assuntos de Goiás | Questão Brasil



Maior consumidor mundial da carne brasileira, a UE quer esclarecimentos sobre a operação Carne Fraca da Polícia Federal. 

Maggi disse que ainda não marcou data, mas o encontro deve ocorrer até segunda-feira.

O ministro da Agricultura disse que conversou por telefone com membros da diretoria da BRF, uma das gigantes do setor de carnes que está envolvida no escândalo desvendado pela Polícia Federal.

“Conversei hoje por telefone com Pedro, da BRF, e com Abílio Diniz, presidente do conselho da empresa, e disse a eles da minha preocupação e da transparência que vou tratar esse assunto. Eles me garantiram que têm procedimentos internos para tratar disso e que há quatro anos não têm notícias de desvio desse tipo de conduta e que vão trabalhar em conjunto para esclarecer tudo isso”, disse o ministro. 

 Com a JBS, Maggi disse não ter tido contato sobre o assunto. “A BRF se mostrou muito mais preocupada nesse momento, não só com o nome mas com o complexo do negócio mundo afora. Esse problema afeta e afetará a todos nós. Não sei dizer nem qual a consequência disso. Vamos ter problemas, mas vamos trabalhar para minimizar o máximo. Temos um sistema robusto e que é validado por compradores internacionais. O sistema é bom, rígido, porém falha quando as pessoas se corrompem. É lamentável o que aconteceu”, disse Maggi. 

 Visivelmente indignado com as revelações da Polícia Federal, Maggi falou que a notícia coloca em xeque o maior negócio do Brasil, que é o agronegócio. “Fico extremamente desapontado. As próprias indústrias devem ser controladoras e defender o maior capital dels, que é a qualidade do produto”, disse

domingo, 19 de março de 2017

Em grande festa popular, Lula e Dilma inauguram transposição do rio São Francisco

Imagens Inéditas da Transposição do Rio São Francisco

Euro e Copa América, os principais torneios de seleções, serão disputados simultaneamente | Clubes do Brasil

Em 2016 pode considerar o mais produtivo para os jogadores do continente Europeu e Sul Americano, isto do ponto de vista do rendimento físico e os clubes ficaram satisfeitos por ter que liberar suas estrelas no mesmo período que coincide com as férias dos craques. 

Todo mundo parece ter ficado feliz com a decisão anunciada pela Comembol

São os principais torneios continentais de seleções e que agora terão o calendário alinhado para que possam ser disputados paralelamente, como aconteceu em 2016, quando Euro e a Copa América Centenário coincidiram. 


A Conmebol decidiu que a edição de 2019 da Copa América, a ser organizada pelo Brasil, será a última disputada em anos ímpares – a de 2023, que seria no Equador, não será realizada e em 2020 os Estados Unidos voltam a receber mais uma edição da competição. 

 E, daí para a frente, a Copa América será realizada em anos pares com um rodízio de sedes. 
 Leia mais... Conmebol decide fazer Copa América e Euro no mesmo ano a partir de 2020

Euro e Copa América, os principais torneios de seleções, serão disputados simultaneamente | Clubes do Brasil

Em 2016 pode considerar o mais produtivo para os jogadores do continente Europeu e Sul Americano, isto do ponto de vista do rendimento físico e os clubes ficaram satisfeitos por ter que liberar suas estrelas no mesmo período que coincide com as férias dos craques. 

Todo mundo parece ter ficado feliz com a decisão anunciada pela Comembol

São os principais torneios continentais de seleções e que agora terão o calendário alinhado para que possam ser disputados paralelamente, como aconteceu em 2016, quando Euro e a Copa América Centenário coincidiram. 


A Conmebol decidiu que a edição de 2019 da Copa América, a ser organizada pelo Brasil, será a última disputada em anos ímpares – a de 2023, que seria no Equador, não será realizada e em 2020 os Estados Unidos voltam a receber mais uma edição da competição. 

 E, daí para a frente, a Copa América será realizada em anos pares com um rodízio de sedes. 
 Leia mais... Conmebol decide fazer Copa América e Euro no mesmo ano a partir de 2020

sábado, 18 de março de 2017

Euro e Copa América, os principais torneios de seleções, serão disputados simultaneamente | Clubes do Brasil

Em 2016 pode considerar o mais produtivo para os jogadores do continente Europeu e Sul Americano, isto do ponto de vista do rendimento físico e os clubes ficaram satisfeitos por ter que liberar suas estrelas no mesmo período que coincide com as férias dos craques. 

Todo mundo parece ter ficado feliz com a decisão anunciada pela Comembol

São os principais torneios continentais de seleções e que agora terão o calendário alinhado para que possam ser disputados paralelamente, como aconteceu em 2016, quando Euro e a Copa América Centenário coincidiram. 


A Conmebol decidiu que a edição de 2019 da Copa América, a ser organizada pelo Brasil, será a última disputada em anos ímpares – a de 2023, que seria no Equador, não será realizada e em 2020 os Estados Unidos voltam a receber mais uma edição da competição. 

 E, daí para a frente, a Copa América será realizada em anos pares com um rodízio de sedes. 
 Leia mais... Conmebol decide fazer Copa América e Euro no mesmo ano a partir de 2020

Euro e Copa América, os principais torneios de seleções, serão disputados simultaneamente | Clubes do Brasil

Em 2016 pode considerar o mais produtivo para os jogadores do continente Europeu e Sul Americano, isto do ponto de vista do rendimento físico e os clubes ficaram satisfeitos por ter que liberar suas estrelas no mesmo período que coincide com as férias dos craques. 

Todo mundo parece ter ficado feliz com a decisão anunciada pela Comembol

São os principais torneios continentais de seleções e que agora terão o calendário alinhado para que possam ser disputados paralelamente, como aconteceu em 2016, quando Euro e a Copa América Centenário coincidiram. 


A Conmebol decidiu que a edição de 2019 da Copa América, a ser organizada pelo Brasil, será a última disputada em anos ímpares – a de 2023, que seria no Equador, não será realizada e em 2020 os Estados Unidos voltam a receber mais uma edição da competição. 

 E, daí para a frente, a Copa América será realizada em anos pares com um rodízio de sedes. 
 Leia mais... Conmebol decide fazer Copa América e Euro no mesmo ano a partir de 2020

Euro e Copa América, os principais torneios de seleções, serão disputados simultaneamente | Clubes do Brasil

Em 2016 pode considerar o mais produtivo para os jogadores do continente Europeu e Sul Americano, isto do ponto de vista do rendimento físico e os clubes ficaram satisfeitos por ter que liberar suas estrelas no mesmo período que coincide com as férias dos craques. 

Todo mundo parece ter ficado feliz com a decisão anunciada pela Comembol

São os principais torneios continentais de seleções e que agora terão o calendário alinhado para que possam ser disputados paralelamente, como aconteceu em 2016, quando Euro e a Copa América Centenário coincidiram. 


A Conmebol decidiu que a edição de 2019 da Copa América, a ser organizada pelo Brasil, será a última disputada em anos ímpares – a de 2023, que seria no Equador, não será realizada e em 2020 os Estados Unidos voltam a receber mais uma edição da competição. 

 E, daí para a frente, a Copa América será realizada em anos pares com um rodízio de sedes. 
 Leia mais... Conmebol decide fazer Copa América e Euro no mesmo ano a partir de 2020

Euro e Copa América, os principais torneios de seleções, serão disputados simultaneamente | Clubes do Brasil

Em 2016 pode considerar o mais produtivo para os jogadores do continente Europeu e Sul Americano, isto do ponto de vista do rendimento físico e os clubes ficaram satisfeitos por ter que liberar suas estrelas no mesmo período que coincide com as férias dos craques. 

Todo mundo parece ter ficado feliz com a decisão anunciada pela Comembol

São os principais torneios continentais de seleções e que agora terão o calendário alinhado para que possam ser disputados paralelamente, como aconteceu em 2016, quando Euro e a Copa América Centenário coincidiram. 


A Conmebol decidiu que a edição de 2019 da Copa América, a ser organizada pelo Brasil, será a última disputada em anos ímpares – a de 2023, que seria no Equador, não será realizada e em 2020 os Estados Unidos voltam a receber mais uma edição da competição. 

 E, daí para a frente, a Copa América será realizada em anos pares com um rodízio de sedes. 
 Leia mais... Conmebol decide fazer Copa América e Euro no mesmo ano a partir de 2020

Euro e Copa América, os principais torneios de seleções, serão disputados simultaneamente | Clubes do Brasil

Em 2016 pode considerar o mais produtivo para os jogadores do continente Europeu e Sul Americano, isto do ponto de vista do rendimento físico e os clubes ficaram satisfeitos por ter que liberar suas estrelas no mesmo período que coincide com as férias dos craques. 

Todo mundo parece ter ficado feliz com a decisão anunciada pela Comembol

São os principais torneios continentais de seleções e que agora terão o calendário alinhado para que possam ser disputados paralelamente, como aconteceu em 2016, quando Euro e a Copa América Centenário coincidiram. 


A Conmebol decidiu que a edição de 2019 da Copa América, a ser organizada pelo Brasil, será a última disputada em anos ímpares – a de 2023, que seria no Equador, não será realizada e em 2020 os Estados Unidos voltam a receber mais uma edição da competição. 

 E, daí para a frente, a Copa América será realizada em anos pares com um rodízio de sedes. 
 Leia mais... Conmebol decide fazer Copa América e Euro no mesmo ano a partir de 2020

Euro e Copa América, os principais torneios de seleções, serão disputados simultaneamente | Clubes do Brasil

Em 2016 pode considerar o mais produtivo para os jogadores do continente Europeu e Sul Americano, isto do ponto de vista do rendimento físico e os clubes ficaram satisfeitos por ter que liberar suas estrelas no mesmo período que coincide com as férias dos craques. 

Todo mundo parece ter ficado feliz com a decisão anunciada pela Comembol

São os principais torneios continentais de seleções e que agora terão o calendário alinhado para que possam ser disputados paralelamente, como aconteceu em 2016, quando Euro e a Copa América Centenário coincidiram. 


A Conmebol decidiu que a edição de 2019 da Copa América, a ser organizada pelo Brasil, será a última disputada em anos ímpares – a de 2023, que seria no Equador, não será realizada e em 2020 os Estados Unidos voltam a receber mais uma edição da competição. 

 E, daí para a frente, a Copa América será realizada em anos pares com um rodízio de sedes. 
 Leia mais... Conmebol decide fazer Copa América e Euro no mesmo ano a partir de 2020

quarta-feira, 15 de março de 2017

O plano B de Henrique Meirelles? Fantasma da CPMF volta a assombrar o Brasil – Politica

Caso a reforma da Previdência não passe na integra, como quer Henrique Meirelles, o Governo Temer já teria uma outra carta na manga para ferrar o povo brasileiro, afinal de contas o decorativo se tornou um golpista nato e parece que tomou gosto pelas maldades contra a população sofrida deste país. 

 Segundo o Professor Borges Matias, o governo sempre volta à discussão da CPMF porque é uma contribuição de fácil implantação. Por essa razão, ele acredita ser bem possível que esse imposto ressurja em breve tanto nas operações de crédito como nas de débito bancário.




Ou seja, a população terá, mais uma vez, de pagar a conta pela incapacidade do governo em não conseguir adequar suas despesas para reduzir o déficit. “O desperdício da máquina pública é enorme”, diz o professor.

Gasta-se muito em saúde, por exemplo, mas a qualidade da prestação de serviço deixa muito a desejar. 
 Fonte: Fantasma da CPMF volta a assombrar contribuinte – Jornal da USP

Lava Jato põe política em xeque! Janot pede ao STF 83 inquéritos com base na delação da Odebrecht – Politica



Rodrigo Janot, enviou 320 pedidos para o Supremo Tribunal Federal (STF) com base nas delações premiadas de 78 executivos da Odebrecht. Janot também pediu a retirada de sigilo de parte das revelações feitas pelos ex-funcionários da empreiteira baiana. 

 A retirada do sigilo depende agora do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF.

 Foram enviados ao Supremo 83 pedidos de abertura de inquérito. Ficarão a cargo da PGR investigações que devem tramitar no STF e também no Superior Tribunal de Justiça (STJ) – a este último serão encaminhadas investigações envolvendo governadores de Estado


Deixa o povo saber quem é ele Sr Ministro. TSE coloca tarja em depoimento que cita Aécio – Politica

Protegido pela mídia e pelo Judiciário do Brasil, Aécio Neves pode ter sim esperança de que vai conseguir sair dessa situação constrangedora em que se meteu. Continuará rico, debochado e acalentando o sonho de que um dia vai governar o Brasil.




Suspeito de envolvimento com tudo de ruim que se possa imaginar, o Mineirinho sempre posou de bom moço, enquanto tramava descaradamente a subida na rampa do Planalto. 

Mesmo com toda cumplicidade da mídia e total complacência do Poder Judiciário, o neto de Tancredo Neves parece ter perdido a confiança da população brasileira que passou a enxergar nele apenas um perdedor nato, inconformado com as seguidas derrotas no campo político.


Hoje é apenas hoje e vai passar, como passam todos os dias, porque contando com a cumplicidade do STF, nenhum brasileiro acredita que Aécio vá puxar 70 anos de cadeia por todos os crimes e desvios dos quais é sempre suspeito, mas que nunca será pego pelos braços da Lei que neste momento esta muito ocupada tendo convicção da culpa de algum petista por ai. 

O Estadão publicou:

A decisão do ministro Herman Benjamin atende ao pedido feito pelo PSDB, que alega que as menções ao partido e à candidatura de Aécio no depoimento de Benedicto Barbosa da Silva Júnior somente se prestaram a "uma indevida exploração política patrocinada junto à imprensa, com a finalidade exclusiva de causar danos à imagem do PSDB, e ao seu presidente, Aécio Neves".
O requerimento do PSDB pedia que também fossem eliminados os trechos do depoimento do ex-presidente da empreiteira Marcelo Odebrecht referentes a Aécio e ao partido, mas a decisão do ministro Herman Benjamin à qual a reportagem teve acesso diz respeito apenas ao teor da oitiva de Benedicto Júnior.


O Estado publicou que em depoimento prestado ao TSE, Benedicto Júnior afirmou que na campanha de 2014 repassou R$ 9 milhões a políticos do PSDB e do PP e ao marqueteiro tucano a pedido de Aécio Neves - presidente nacional da sigla. Segundo Benedicto, a doação foi feita via caixa 2. 

sexta-feira, 10 de março de 2017

Acusado de “ter feito pedido”, Aécio muda o discurso e agora defende caixa 2 que ele mesmo denunciou | Blog de Goiânia



Como se a mídia e o próprio Judiciário nunca tivessem dado um tratamento diferenciado aos Tucanos quando o assunto é corrupção ativa e passiva levando o cidadão a concluir erroneamente que o dinheiro de caixa 2 doado ao PSDB é limpinho, e todos os repasses feitos ao PT são propinas com dinheiro sujo, sendo que as fontes dos recursos, valores e até os atores são exatamente os mesmos. 



 
Na cara dura de quem insulta a inteligência de um país inteiro, Aécio e os demais Tucanos afinam o discurso com a nota divulgada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso que, em defesa do mineirinho, disse que era importante fazer "distinções" entre quem recebeu caixa dois e quem recebeu "dinheiro para enriquecer", "dois atos, cuja natureza penal há de ser distinguida pelos tribunais". Para FHC, dinheiro para enriquecimento é "crime puro e simples de corrupção". 

Como se fosse possível distinguir um criminoso de outro, sendo que as duas modalidades envolvem dinheiro ilícito, que tiram da população saúde, educação e segurança sem nenhuma piedade daqueles que mais precisam.

Político promissor na década de 1990, Aécio Neves viveu momentos de glórias na política nacional, cotado para ser presidente deixou Serra tomar lhe a possibilidade de ser candidato a governar o Brasil quando vivia um momento melhor que o paulista. 

Na década passada flertou com o fisiologismo do PMDB e quase foi seduzido pelos encantos do fenômeno Luiz Inácio Lula da Silva, mas acabou mesmo deixando os anos passarem e assumindo o comando do PSDB.

No comando do PSDB, Aécio Neves deixou de lado sua visão de futuro, ao tempo que desenvolveu uma obsessão pelo PT, em especial por Dilma Rousseff, e mesmo após sucessivas derrotas desde 2014, o Senador mineiro não desiste de buscar o poder a qualquer custo. 

A ação contra a chapa Dilma/ Temer no TSE é só mais um capítulo infeliz na sua biografia que de tão rica se tornou melancólica, suas investidas contra o PT acabam se voltando contra ele mesmo, manchando não só a sua história, mas de toda a família que sempre viveu da política e para a política.

Aécio já tinha divulgado um vídeo, com adotando o tom usado por FHC, com a finalidade de tentar se defender das suas próprias acusações mais do que qualquer outra coisa, ainda mais depois dos depoimentos de Marcelo Odebrecht e do número 2 na empreiteira, Benedito Júnior ao TSE na semana passada. 

Benedito Júnior diz que a empreiteira doou R$ 9 milhões em caixa dois para campanhas eleitorais do PSDB em 2014, ano em que Aécio concorreu ao Palácio do Planalto, cuja revelação traz a luz um pedido que teria sido feito pelo próprio Aécio, de acordo com Benedito Júnior. O Presidente da legenda também teria envolvido outros candidatos do PSDB naquele ano, inclusive, solicitado recursos para eles via caixa 2 da Odebrecht. 

 Os brasileiros estão chocados com a cara de pau do Senador Aécio Neves que muda o discurso sobre recursos que ele mesmo condenava, agora ele alega que existe uma diferença entre caixa dois de campanha e propina para enriquecer, como se uma coisa não tivesse mesmo nada a ver com a outra. "Um cara que ganhou dinheiro na Petrobras não pode ser considerado a mesma coisa que aquele que ganhou cem pratas para se eleger." 

 Não foram só "cem pratas" Sr. Senador, não deveria haver distinção entre o ladrão de galinhas e o político corrupto que usa das prerrogativas de seu cargo público para ter acesso facilitado ao dinheiro dos brasileiros. Os dois são ladrões do mesmo jeito, sendo que neste país só o ladrãozinho vai em cana, enquanto que o ladrãozão do colarinho branco fica solto por ai, mudando a interpretação das leis ao seu bel-prazer e por conveniência. 

 É desse tipo de hipocrisia que a Justiça do Brasil precisa pôr um fim, senão jamais vamos nos tornar um país sério, nunca chegaremos ao primeiro mundo e a população jamais terá confiança plena nas instituições e nos Poderes da República que só representam alguns e aumentam a cada dia a sensação de impunidade no país. 


 Leia também... Jornal do Brasil - País - Aécio defende diferença entre caixa dois de campanha e propina para enriquecer

Aumento da desigualde no Brasil é o que vem por ai após reformas de Temer

segunda-feira, 6 de março de 2017

O último trunfo! Snapchat ainda tem uma vantagem sobre o Facebook, Instagram e Whatsapp | Questão de audiência

Modelo de vídeos que somem foi copiado pelo concorrente, mas Snap ainda tem algo que Facebook e companhia não fazem muito bem 
Fotos e vídeos que desaparecem popularizado pelo Snapchat já foi replicado pelo Facebook no Instagram Stories e o no WhatsApp Status. 

No entanto, os efeitos animados, chamados Snapchat Lenses, ainda continuam como uma exclusividade divertida do app 
 Leia mais... Snapchat ainda tem uma vantagem sobre o Instagram | EXAME.com - Negócios, economia, tecnologia e carreira

domingo, 5 de março de 2017

Terremoto em Brasília: Vaza anexo com delações da Odebrecht e 50 nomes de políticos são revelados


Ex-diretor da Odebrecht Cláudio Melo Filho revela pagamentos, entre doações oficiais e caixa 2, em troca de interesses da empresa. 

Repasses para 50 políticos identificados com apelidos chegam a R$ 75 milhões. Os dados são do Estadão.

sexta-feira, 3 de março de 2017

Cunha diz quer próximo a cair será Moreira Franco

“Política vai renascer”, avalia Trindade após declaração de Marcelo Odebrecht


Marcelo Odebrecht revelou à justiça eleitoral que a empreiteira lançou mão de um esquema que terceirizou o repasse de recursos nas eleições de 2014. 

Você já tinha ouvido falar de terceirização de caixa dois ou essa é uma nova modalidade de trambique?

quinta-feira, 2 de março de 2017

Atrasando o processo? TSE chama delatores da Odebrecht para depor em ação da chapa Dilma/Temer – Eu Digo Sempre

Os nomes dos dois foram citados no depoimento de cerca de 4 horas do ex-presidente da Odebrecht e delator Marcelo Odebrecht nesta quarta-feira
size_960_16_9_303965634_1-5151

Quantas vezes já ouvimos que a casa caiu de vez para Lula e Dilma? Muitas, até mesmo neste processo que envolve a cassação da chapa Dilma/ Temer em que Marcelo Odebrecht teria doado R$ 150 Milhões via caixa 2, esta informação vazou para imprensa, pois o depoimento do empreiteiro corre em segredo de Justiça, assim como ocorre na Lava jato. 

 A leitura correta é que a casa esta caindo para muito mais gente, principalmente para Michel Temer, o único que esta desfrutando das benesses do poder máximo no momento, Lula que ventila ser candidato em 2018 poderia ter suas pretensões limadas pela novidade, mas nem isso abala o prestígio do ex-presidente, que só não será candidato se for mesmo preso, e só não ganha a condição de favorito se não não estiver na disputa.

Os fatos que ganharam destaque ontem e são manchetes nos principais jornais do país dizem respeito a um outro golpe promovido pelo derrotado mor da nação, o PSDB de Aécio Neves, que não se conforma até hoje de ter perdido a eleição de 14. Os Tucanos, em especial Aécio, gastam mais energia tentando derrubar governos do que apresentar soluções para o Brasil em crise no curto e médio prazo. 

 Aécio Neves também se vê as voltas com a Justiça, tal qual o ex-presidente Lula, o mineirinho também é "suspeito" de muita coisa, é pouco ou quase nunca é investigado, é verdade, mas ainda assim o Senador neto de Tancredo Neves é citado em tantas operações em curso no Brasil que a delação da Odebrecht não derruba apenas a casa de Lula e Dilma, como alguns veículos de imprensa noticiaram em letras garrafais, o desmoronamento oriundo das delações da Odebrecht arrasam o paraíso de muito mais gente, inclusive Michel Temer e o mau perdedor, Aécio Neves. 


 Leia mais... TSE chama operadores da Odebrecht para depor em ação da chapa Dilma/Temer | Política: Diario de Pernambuco

Seguidores